‘Escalação Solidária’ em jogo entre Flamengo e Fluminense
Flamengo


A NBS criou para o Flamengo uma iniciativa, chamada "Escalação Solidária", com o objetivo de ajudar a encontrar crianças desaparecidas.

No último jogo do clube contra o Fluminense, no dia 12 de outubro, foi apresentada uma escalação diferente. Em vez de jogadores como Diego, do Flamengo, e Wendel, do Fluminense, surgiram na tela as fotos e os nomes de crianças e adolescentes homônimos e desaparecidos no estado do Rio de Janeiro.

Como resultado, Luany Cristina dos Santos de Souza, de 13 anos, desaparecida no início de outubro, foi localizada pela avó no último dia 15. Uma das crianças exibidas no telão durante a "Escalação Solidária", Luany foi encontrada no Morro da Mangueira, graças a uma informação que foi passada para a avó dela, por um torcedor, ainda dentro do Maracanã.

O projeto contou com o apoio do Fluminense, do Disque Denúncia e do programa SOS Crianças Desaparecidas, da Fundação para a Infância e a Adolescência (FIA).

"Essa ação mostra como é possível associar o esporte a questões sociais do país, podendo trazer resultados significantes. Fizemos um plantão para recebimento de denúncias durante a exibição do jogo e tivemos muitas ligações, ressaltando a importância desse tipo de iniciativa", comentou Luiz Henrique Oliveira, coordenador do Programa SOS Criança Desaparecida.

"Este projeto faz parte do pensamento que estamos desenvolvendo junto com o Flamengo, de ser um clube cidadão, envolvido em causas importantes e relevantes, compatíveis com a grandeza rubro-negra", comenta André Lima, vp de criação da NBS.
 

Ficha Técnica
André Lima
VP DE CRIAÇÃO
Carlos André Eyer
DIRETOR DE CRIAÇÃO
André Lima
DIRETOR DE CRIAÇÃO
Carlos André Eyer
DIRETOR DE CRIAÇÃO
André Havt
DIRETOR DE CRIAÇÃO
Luiz Miller
CRIAÇÃO
Felipe Pessoa
CRIAÇÃO
Bruno Antunes
CRIAÇÃO
Camilo Coelho
PRODUÇÃO
Márcio McCulloch
APROVAÇÃO
MAIS DE NBS