Frete Abusivo Não
Mercado Livre

REF+ e Mercado Livre comemoram  resultados da campanha #FreteAbusivoNão


Com o ajuste pelos Correios de até 51% nos preços dos fretes de produtos a todos que compram e vendem pela internet, o Mercado Livre lançou na campanha #FreteAbusivoNão. Desenvolvida pela REF+, posicionada entre as cinco maiores agências independentes do Brasil, a ação convida os consumidores a protestarem contra o aumento e alerta para os impactos da medida para os ecommerces do país.
Entre as iniciativas para difundir a campanha-protesto, a agência criou uma ação em vídeo para estimular que os próprios Correios ajudem a espalhar a mensagem #FreteAbusivoNão. Em um dos posts no facebook, o Mercado Livre convoca as pessoas para que usem a hashtag em suas correspondências e cartas, colocando o protesto dentro da empresa de entrega e fazendo com que ela o distribua.

Para Ricardo Calfat, sócio e COO da REF+, o resultado da campanha é a prova da sua representatividade na consolidação da marca Mercado Livre e nos resultados de performance da plataforma. "A ação tem como objetivo divulgar e convidar os consumidores a protestarem contra esse aumento e alertar para os impactos dessa medida para os e-commerces do país", destaca o executivo.

Lançada nas redes sociais na última semana, a #FreteAbusivoNão chegou, em apenas três horas, ao primeiro lugar dos Trending Topics Brasil no Twitter e segundo lugar do mundial. A REF+ também desenvolveu um landing page onde é possível votar contra o aumento, que em apenas cinco dias já ultrapassa de 250.280 mil votos, além de conter todas as informações da ação.

A estratégia de mídia contempla redes sociais, mídia impressa e rádio.

Ficha Técnica
Renato Pereira
CCO
Deny Zatariano
DIRETOR DE CRIAÇÃO
Fernando Pereira
CRIAÇÃO
Rodrigo Coletto
CRIAÇÃO
Ricardo Calfat
COO
Regina Cuxinier
GERENTE DE ATENDIMENTO
Fernando Calfat
CMO
Daniel Aguiar
APROVAÇÃO
Marcela Gimenez
APROVAÇÃO
MAIS DE REF+