NOVIDADES
Sala Alma
AlmapBBDO assume compromisso com formação de novos talentos
29/10/2020

AGÊNCIA DA DÉCADA EM CANNES, ALMAPBBDO ASSUME COMPROMISSO COM FORMAÇÃO DE NOVOS TALENTOS PARA UM MERCADO MAIS PLURAL E INCLUSIVO

Projeto já em funcionamento, o Sala Almap oferece cursos online para alunos de todas as áreas, com foco em inclusão socioeconômica; clientes e empresas como a Globo e veículos como o Facebook são os primeiros parceiros desta iniciativa, que opera em um modelo inédito

Em junho deste ano, quando a AlmapBBDO recebeu a homenagem do Cannes Lions como a #1 Global Agency of Decade, pelos 142 Leões conquistados nos últimos anos, o que era só uma ideia se tornou realidade: a Sala Almap, um projeto que tem o objetivo de fomentar e contribuir efetivamente com a formação de talentos, com foco na inclusão socioeconômica, no mercado publicitário brasileiro da nova década. A iniciativa, que já conta com 20 alunos e se aproxima do terceiro mês de aulas, vai além de aprendizados na área de criação e oferece conhecimento em diversas disciplinas da Comunicação. Além disso, outro grande diferencial da Sala Almap é que os alunos podem ter aulas com os clientes da agência e também parceiros, sendo os primeiros Rede Globo e Facebook, para que de fato o aprendizado seja o mais completo possível.  

 
“Acreditamos que o conhecimento é o maior bem que podemos oferecer. É um orgulho para a Almap poder levar adiante um pouco da experiência desses profissionais que ajudaram a construir a agência mais criativa do mundo na última década. E, para nós, uma honra poder aprender com esses estudantes, que nos últimos meses têm nos ensinado tanto”, diz Luiz Sanches, Chairman e CCO. “É uma alegria darmos um passo tão importante com esse compromisso social. Uma alegria termos um time tão talentoso e engajado, disseminando conhecimento. E assim seguimos. A agência dessa década, trabalhando pela próxima – mais diversa, inclusiva e igualmente criativa”, completa Filipe Bartholomeu, sócio e CEO da AlmapBBDO.  
 
A seleção de alunos acontece com a ajuda de instituições parceiras da Sala Almap. O grupo inicial conta com 20 pessoas, e as aulas acontecem duas vezes por semana, sempre às segundas e quartas-feiras, das 9h às 11h da manhã. O PerifaLions, por exemplo, ajudou a agência a selecionar um grupo de estudantes de Publicidade da periferia de São Paulo. Já o Adus recrutou refugiados, incluindo pessoas que estudaram ou trabalharam com comunicação em seus países de origem, mas que ainda não tinham encontrado uma oportunidade de recomeçar sua carreira no Brasil. Para participar do Sala Almap, não é preciso estar cursando faculdade de Comunicação – todos os que buscam conhecimento na área são bem-vindos. O primeiro curso termina no final deste ano, sendo que para o ano que vem já existem outras turmas programadas.  
 
“Tudo se resume em uma palavra: pertencimento. Iniciativas como essa fazem com que esses jovens talentos sintam que podem sim fazer parte das grandes agências do mercado, e essa sensação nenhuma escola ensina, isso fica neles para sempre”, diz Letícia Rodriguez, cofundadora do PerifaLions. "A Sala Almap representa um novo mundo aberto para o público do Adus. A interação com profissionais de referência do mundo da criatividade e com alunos brasileiros promove o desenvolvimento profissional, ao mesmo tempo em que fomenta a inclusão cultural. A parceria para inclusão de alunos refugiados na Sala Almap tem sido extremamente frutífera para os participantes e para o avanço do projeto de capacitação e geração de renda e dos esforços pela integração deles na sociedade brasileira”, diz Carol Telfser, do Projeto de Trabalho e Renda do Adus.  
Até agora, os alunos já tiveram aula de criação, PR, produção audiovisual, pesquisa e mídia. Para as próximas semanas, estão agendadas aulas sobre as outras disciplinas, além de clientes e profissionais de veículos parceiros. “Nossa ideia é não parar mais. Termos módulos diferentes, específicos para cada área da Comunicação, cursos de férias, enfim, nossa meta é fazer da Sala Almap cada vez mais uma grande ferramenta de aprendizado a todos que precisam”, explica o diretor de conteúdo da agência, Eduardo Nasi, que também é um dos líderes do projeto, assinado pelo comitê de diversidade da Almap. “Quando pudermos retornar com o trabalho presencial, o plano é que as turmas também possam acontecer dentro da agência, o que permite todo um clima diferente e uma troca de conhecimento ainda mais rica”, detalha Nasi.

Sala Alma