Busca do Filho e Flash Docs
Itaú

ITAÚ BUSCA INSPIRAÇÃO EM EMOCIONANTE HISTÓRIA REAL PARA REFORÇAR O PODER DA LEITURA NA INFÂNCIA

Edição 2019 da campanha “Leia Para Uma Criança” tem início com duas superproduções criadas pela DPZ&T
inspiradas na trajetória de superação de Thompson Vitor e sua mãe, dona Rosângela Marinho

A trajetória de perseverança de jovem Thompson Vitor, que passou em 1º lugar no exame do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) em 2015, é a narrativa inspiradora e real da edição 2019 do projeto “Leia para uma Criança”. Promovido pelo Itaú Unibanco e pela Fundação Itaú Social, a campanha distribui livros gratuitos e incentiva a leitura na primeira infância há anos no Brasil – reforçando o potencial dela como agente transformador dos indivíduos, famílias e da sociedade.

Diferente dos últimos anos, em que histórias fictícias foram contadas na ação de comunicação da campanha, em 2019 pela primeira vez uma história real de superação por meio da educação é apresentada nas telas. Criada pela DPZ&T, a campanha multiplataforma ilustra mais uma vez o efeito da leitura durante os primeiros anos da criança com a grandiosidade exigida pela importância do tema.

Mas o que a história de Thompson tem de especial? Morador de Paço da Pátria, na Zona Leste de Natal (RN), ele vivia com sua família – e sua mãe, Rosângela Marinho, trabalhou por muitos anos como catadora de lixo para fins recicláveis. Enquanto buscava os materiais que ajudavam no sustento familiar, ela também procurava diariamente por livros descartados, os levava para casa e lia as histórias para seus filhos.

Quando aprendeu a ler, o próprio Thompson começou a se aventurar pelos conteúdos de diversos autores, e ansiava pelo fim de semana para mergulhar nos livros e quadrinhos levados para casa pela mãe. A persistência de Rosângela o levou a estudar mais tarde em Fortaleza, quando ganhou uma bolsa de estudos da Organização Educacional Farias Brito. Ele seguiu estudando, passou em 1º lugar na IFRN e não parou - atualmente, cursa Química na universidade de Rochester, em Nova York, nos Estados Unidos.

“Pela primeira vez, buscamos uma história real de superação por meio dos livros. É mais uma forma de comprovar o quanto é primordial o adulto entender a importância da imaginação e do acesso aos livros para o desenvolvimento das crianças. Neste caso específico, ouvir e ler histórias desde cedo geraram um impacto definitivo no futuro de Thompson e de sua família, levando-o para um caminho incrível que não seria possível sem a educação. É o pilar que trabalhamos desde o início do programa: causa e efeito da leitura na vida de uma criança”, explica Eduardo Tracanella, diretor de marketing institucional do Itaú Unibanco. “Durante todos esses anos, passamos pelo lúdico, fizemos a fantasia se unir ao mundo real, abrimos uma nova frente focada em valores, representatividade e empoderamento feminino. Agora, temos um exemplo concreto do dia a dia, um incentivo para que ninguém deixe os livros parados. Até mesmo aqueles que são jogados fora têm potencial de transformar a vida das pessoas”.

Para contar a história inspiradora de Thompson e Rosângela, foram feitos dois filmes – um contado do ponto de vista adulto, a mãe, que imagina um futuro promissor para seu filho; o outro segue a visão da criança, ilustrando a consequência da leitura na vida de Thompson. As estreias das campanhas acontecem durante o intervalo do Jornal Nacional e da novela das 21h da TV Globo no dia 7 de outubro.

Como nas campanhas do programa de 2017 e 2018, vencedoras de diversos prêmios – incluindo o Profissionais do Ano por dois anos consecutivos na categoria “Mercado Nacional” – os filmes traduzem o poder que as histórias têm de estimular a imaginação e a autoconfiança, ampliar horizontes, desenvolver potenciais e impactar a criança de um modo tão imersivo que seu futuro não reconhece barreiras a partir daquele momento.

Rodadas em São Paulo, as duas peças têm produção da Saigon, direção de Vellas e, mais uma vez, contam com uma trilha sonora gravada com um coral de crianças. Agora, reinterpretando a música “Dirty Paws”, da banda Of Monsters and Men. 

“Estamos evoluindo a narrativa dos últimos anos de campanha, agora buscando inspiração numa história real. Uma das fortalezas do Leia para uma Criança é a consistência da mensagem. A história do Thompson e da Rosângela mostra o quanto essa iniciativa é fundamental. Afinal, todos os pais projetam o tempo todo um futuro melhor para seus filhos. Da mesma forma, toda criança gosta de sonhar; seja com uma viagem ao espaço, construindo robôs, imaginando um mundo melhor. Essa história de superação é a materialização do poder da educação e do papel que a leitura infantil tem de despertar o potencial de toda criança.”, afirma Rafael Urenha, CCO da DPZ&T.

Os filmes terão desdobramentos no ambiente digital com uma série de pílulas com entrevistas de Thompson Vitor e Dona Rosângela falando sobre cenas marcantes dos comerciais. A DPZ&T também assina ações em parceria com a Globo. Além de inéditas, buscam execuções originais dentro do formato tradicional de merchandising. A primeira delas irá ao ar nesta quinta-feira (10) durante uma cena da novela “Bom Sucesso”, transcendendo os limites da ficção. Acontecerá no momento em que Paloma, personagem da atriz Grazi Massafera, será impactada pelo filme focado em Thompson Victor ao mesmo tempo dos espectadores num break exclusivo. A novela retornará com a Paloma falando sobre o quanto ficou encantada com a história. Como ela é uma personagem que sempre teve interesse pelo universo literário, Paloma pensará na possibilidade de promover uma palestra de Thompson na escola, o que se tornará o gancho para a próxima ação, que irá ao ar no capítulo do dia seguinte, sexta (11). Mas como Thompson está fora do país, ele fará questão de enviar um vídeo para passar uma mensagem importante à turma sobre o quanto à leitura é essencial para o desenvolvimento das crianças.

Ainda em outubro, a campanha continua com novidades dos Livros digitais Itaú Criança, assim como um minidocumentário e outras ações especiais, incluindo envolvimento de influenciadores trocando livros em seus perfis no Instagram.

Incentivo à educação
A iniciativa do Leia para uma Criança integra uma das causas que o Itaú Unibanco apoia, a da Educação. “A leitura feita pelo adulto com a criança é um poderoso instrumento para a aproximação da família com a literatura. Além de ser um momento prazeroso, de troca e fortalecimento de vínculos afetivos, incentiva a participação ativa de todos na educação dos filhos desde a primeira infância. O livro funciona como mediador dessa relação, é por meio dele que esse momento tão especial acontece, contribuindo para o desenvolvimento de inúmeras habilidades, do vocabulário, ao imaginário e à criatividade. Por isso, dedicamos nossa atenção à seleção criteriosa das obras que compõem a coleção de livros infantis, tanto em relação ao texto quanto às ilustrações”, afirma a superintendente do Itaú Social, Angela Dannemann.

Em sua nona edição, a programa vai distribuir 3,6 milhões de livros para todo o país, em kits compostos por edições exclusivas de “Leo e a Baleia”, de Benji Davies, e “O Tupi que Você Fala”, de Cláudio Fragata. Os pedidos podem ser feitos pelo itau.com.br/leiaparaumacrianca, e são abertos para qualquer pessoa, cliente ou não do Itaú.

Os livros infantis são selecionados por meio de edital – as obras passam por uma curadoria de especialistas em literatura infantil, Organizações da Sociedade Civil, Secretarias de Educação, Cultura e Assistência Social, bem como Voluntários do Itaú Unibanco, adultos e crianças de diversas regiões do país – e as escolhidas são distribuídas gratuitamente.

Em 2019, 600 mil kits do Leia para uma Criança serão enviados pelo Itaú Social a crianças matriculadas na rede pública de municípios considerados de alta e muito alta vulnerabilidade, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país. A distribuição focalizada também será feita para Bibliotecas Comunitárias e Organizações da Sociedade Civil. Desde a criação do programa, mais de 54 milhões de livros impressos foram distribuídos – incluindo edições em braile e letra expandida.

Os livros serão distribuídos para uma lista de cidades monitoradas pela Unicef, e também para municípios que já fazem parte do projeto Melhoria pela Educação – programa que trabalha com o desenvolvimento de tecnologias sociais, promovendo formações continuadas para gestores educacionais. As formações abordam tanto o eixo da gestão pedagógica quanto o da gestão administrativo-financeira – desta forma, os profissionais se preparam de maneira ampla para desempenhar suas funções.  O projeto atua em cidades de pequeno e médio porte que tenham IDH menor ou igual à média de seus estados.

Além disso, a formação de mediação de leitura “Infâncias e Leituras”, promovida pelo Itaú Social, está com inscrições abertas para uma nova turma – basta acessar https://polo.org.br/.

O Itaú Social desenvolve, implementa e compartilha tecnologias sociais para contribuir com a melhoria da educação pública brasileira. Sua atuação está pautada no desenvolvimento de projetos sociais, no fomento a organizações da sociedade civil, na formação continuada de docentes e gestores educacionais e na realização de pesquisas e avaliações. Juntamente com uma rede de parceiros, fornecedores e colaboradores, trabalha para que municípios, estados e União se unam para entregar aquilo que é direito de todos: acesso à educação com aprendizagem adequada, sem restrição de tempo, espaço, raça, cor ou gênero.


Sobre a coleção 2019
Léo e a Baleia
Leo e seu pai vivem em uma casa perto do mar. Todos os dias o pai de Leo sai cedo para trabalhar como pescador, e o menino passa o dia na companhia de seus gatinhos. Certa manhã, após uma forte tempestade, Leo encontra uma baleia na areia da praia e a leva para casa, pensando em ter uma companhia para ouvir suas histórias (a baleia é ótima ouvinte). Ele tenta manter a nova amiga em segredo, mas o plano não dura muito tempo, porque seu pai a encontra escondida na banheira. O gesto de Leo muda a vida dos dois, que se unem para levar a baleia de volta para o mar. Uma emocionante história sobre amizade.

O Tupi que você fala
O livro apresenta às crianças o lado curumim de cada um de nós, ao revelar a influência indígena nas palavras que usamos em nosso dia a dia - Guri, pipoca, saci, guaraná, abacaxi, entre outras. As palavras de origem indígena fazem parte do nosso cotidiano, e com o livro as crianças descobrirão que vários alimentos, animais e plantas têm nomes dados pelos índios, de forma divertida e aguçando a curiosidade dos pequenos a descobrir a origem das palavras.


 

Ficha Técnica
Ricardo Bertran
FINALIZAÇÃO
Manuela Codas
ATENDIMENTO
Rafael Ziggy
DIREÇÃO EXECUTIVA DE CRIAÇÃO
Patrícia Capuchinho - Engajamento e Influência
Saigon
PRODUTORA DE FILME
Rafael Urenha
CRIAÇÃO
Daniel Iasbeck
PRODUTOR MUSICAL
Nash
PÓS PRODUÇÃO
Mateus Carvalho
ATENDIMENTO
Marcos Moura
ART BUYER
Augustin Claramunt
DIRETOR DE FOTOGRAFIA
Marcos Yamamura
PROJETOS
Ana Carolina Cavallini
ATENDIMENTO
David Barkan
RTVC
Andrea Soeiro
ART BUYER
André Choairy
CRIAÇÃO
Thiago Colli
PRODUTOR MUSICAL
Rafa Oliveira
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO
Leonardo Grana
PRODUÇÃO DIGITAL
Marcelo Azevedo
BI
Fernanda Gomes - Produtora de Filme
ATENDIMENTO
Silvio Amorim
DIREÇÃO DE CRIAÇÃO
Vellas
DIRETOR
Kito Siqueira - Musical
DIREÇÃO
Marcelo Altschuler
PRODUTOR EXECUTIVO
Marione Oliveira
PROJETOS
Tais Sanches - Produtora de Filme
ATENDIMENTO
Fabio Abreu
FINALIZAÇÃO
Thomaz Dantas
CRIAÇÃO
Pedro Rogedo
BI
Pity Lieutaud
RTVC
Marcos Moura
PRODUTOR GRÁFICO
Guilherme Marini
DIRETOR DE ARTE
Didi Blanco - Engajamento e Influência
Vinícius Curi
CRIAÇÃO
Gabriel Cadete
PLANEJAMENTO
Giampietro Zanon
CRIAÇÃO
Raphael Lucone
CRIAÇÃO
Silvio Amorim
CRIAÇÃO
Natalia Barreira
APROVAÇÃO
Bruno Landi
CRIAÇÃO
Saigon - Produção Flash Docs
Mila Alves - Engajamento e Influência
Jin Park - Produtora de Filme
ATENDIMENTO
Paulo Ilha
MÍDIA
Yasmin Gonçalves
MÍDIA
Vitor Quinet - Conteúdo
CRIAÇÃO
Marcio Santos
PLANEJAMENTO
Marcel Macedo - Conteúdo
CRIAÇÃO
Michelle Teixeira
RTVC
Chico Cobra
DIRETOR DE FOTOGRAFIA
Hurso Ambrifi
PRODUTOR MUSICAL
Mike Vlcek
PRODUTOR MUSICAL
Carol Pessini
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO
Mariana Tardelli
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO
Tatiana Akemi
MÍDIA
Michele Almeida
PROJETOS
Angelo Colasanti
FINALIZAÇÃO
Nicole Bonnet - Produtora de Som
ATENDIMENTO
Monique Pereira
APROVAÇÃO
Luciana Camargo
ASS. DIREÇÃO
Flavio Lanfredi
ASS. DIREÇÃO
Luana Sanches
PLANEJAMENTO
Mariana Hasselmann
SUPERVISOR DE CRIAÇÃO
Virgini Fares
COORD. DE PÓS PRODUÇÃO
Ducha Lopes
RTVC
Eduardo Tracanella
APROVAÇÃO
Juliana Cury
APROVAÇÃO
LUMO (Luis Villaverde e Moira Soares)
DIREÇÃO
Luca Beer
APROVAÇÃO
Carla Cornea
FINALIZAÇÃO
Rami d’Aguiar
MONTADOR
Fernando Diniz
PLANEJAMENTO
Durval Brum
PRODUTOR GRÁFICO
Paulo Miranda
MONTADOR
Celso Moretti
FINALIZAÇÃO
Charly Coombes
PRODUTOR MUSICAL
Renan Marques - Assistente Geral
Natália Cardoso
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO
Sthefany Nascimento
RTVC
Ian Sierra
FINALIZAÇÃO
Roberto Coelho - Musical
DIREÇÃO
Gabriela Yamamoto
ATENDIMENTO
Ivan Kanter
MONTADOR
Rafael Urenha
DIREÇÃO GERAL DE CRIAÇÃO
Marianna Bolgheroni
PLANEJAMENTO
Artur Martins
MÍDIA
Clara Corrales
MÍDIA
Satélite Audio
PRODUTORA DE SOM
Kiko Steinhoff
PLANEJAMENTO
Otávio Almeida - Engajamento e Influência
Ana Cordeiro
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO
Juliana Correa - Produtora de Som
ATENDIMENTO
Lucia Correa
ATENDIMENTO
Marina Blum
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO
Rafael Marquez
PLANEJAMENTO
Karina Coviello
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO
Gabrielle Paulino
BI
MAIS DA MESMA CAMPANHA
MAIS DE Itaú
MAIS DE DPZ&T